sábado, 12 de julho de 2014

Chapada dos Veadeiros - Parte 1



Realizamos essa viagem em Maio de 2012, então infelizmente talvez escape alguns detalhes, mas vamos compartilhar os detalhes mais importantes dessa viagem a qual foi inesquecível para todos.

De imediato decidimos que iria somente Marcelo e eu (Daiane), iríamos acampar por 8 dias no Camping Taiua, porém o meu sogro querido decidiu vir conosco e queria ficar em pousada, optou pelo Camping do Pedu ou conhecido também Espaço Flora, mas acabamos ficando em chalé, tanto o
Pedu quanto o Taiua ficam na Vila de São Jorge, o acesso para vila fica em Alto Paraíso, um percurso de 30km entre asfalto e terra mas com um visual maravilhoso, natureza por todos os cantos, vales, montanhas, pássaros e o por do sol pintando sua aquarela no céu.




A estrutura do camping é ótima e vendo fotos recentes melhorou muito mais, pretendemos voltar e com certeza acamparemos nesse camping. (https://www.facebook.com/pedu.flora)








Decidimos ir de carro, saímos de casa no dia 11/05 a 05:30 da manhã e foram 1230 km percorridos em 19 horas de viagem, nos perdemos e caímos no centro de Brasília, foi um caos, horário de pico, muito transito, perdemos muito tempo somente em Brasília. Não sei hoje como está a estrada entre Brasília e Alto Paraíso, mas na época tinha muitos trechos de terra e estava em obras.

Chegando ao camping, fomos recepcionados pelo Raul, uma figura maravilhosa idêntica ao Raul Seixas, o cara já viajou o país inteiro de bicicleta e resolveu se estabelecer na chapada, ajuda o Pedu no camping, com ele são noites inteiras de prosa, muitas histórias para contar.

1º dia – 12/05
Vale da Lua

Fica na estrada sentido Alto Paraíso, é bem sinalizado e não há necessidade de guia para o passeio, a trilha é fácil, no Máximo 10 minutos, na época pagamos a entrada no valor de R$10,00 por pessoa, por se tratar de uma propriedade particular, a maioria dos passeios na Chapada é cobrada valor de entrada.

O lugar é incrível, realmente uma construção extraordinária da natureza, a água estava extremamente gelada, mas mesmo assim pelo calor que fazia, entramos.

As formações rochosa realmente lembra a lua, não que eu tenha ido um dia para a lua, mas pelo nome imagina-se, tudo muito lindo e como sempre sua natureza imperando na construção desse lugar fantástico.



























Raizama

Esse lugar é fantástico o valor pago na entrada foi de R$10,00, não é necessário guia e uma trilha fácil, lá parece um rancho, bem estruturado, com restaurante e um palco para shows com grades figuras do cenário musical esculpido em madeiras.

Raizama a trilha mas parece um percurso marcado lhe mostrando por onde seguir, cercado com cordas e pontes, rodeado por cachoeiras e grandes piscinões naturais profundos, é tranquilo para nadar mas também é preciso coragem.





























Termas do Morro Vermelho

Termas do Morro Vermelho é o nome de um rancho, com piscinas de águas naturais aquecidas, porém as piscinas são construções e não naturais como imaginávamos, são 3 piscinas uma do lado da outra.

No modo geral essa visita para nós foi uma grande decepção, nada foi como imaginávamos e como as propagandas diziam, mas parece ser um local muito gostoso para relaxar, mas nesse dia em que fomos tinha até gente fazendo a barba dentro da piscina.

Termas do Morro Vermelho é um local que eu não recomendo a visita, perca de tempo.

O valor de sua entrada também foi de R$10,00.





Continua ...





5 comentários:

  1. Muito bom, lindo lugar e belas fotos!

    ResponderExcluir
  2. Maravilhoso, temos muita vontade de conhecer a chapada dos veadeiros! parabéns pelas fotos

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito do blog. Esta série da Chapada dos Veadeiros vou degustar toda. Vamos em breve circular por lá.Obrigado pela visita. Nas Estradas do Planeta.

    ResponderExcluir
  4. E eu animada com as termais...Bom saber!

    ResponderExcluir
  5. E eu animada com as termais...Bom saber!

    ResponderExcluir